Logo

Mais de 8.000 vagas do plano foram alocadas para a II etapa de admissão de alunos em instituições de ensino profissionalizante

30.08.2022 13:24 110 Reveja
IMG

A partir de 30 de agosto, será iniciada a segunda fase de admissão eletrónica de estudantes para as vagas do plano de vagas em instituições de ensino profissionalizante para o ano letivo 2022/2023.

"Tehsil.biz" foi informado sobre isso pela Agência Estadual de Educação Profissional. Foi informado que um total de 8.500 vagas do plano foram alocados para a competição na fase II. A aceitação de documentos para vagas se estenderá até o dia 5 de setembro, às 17h. Podem candidatar-se a instituições de ensino profissionalizante as pessoas que tenham concluído o ensino secundário geral ou completo. As inscrições são aceitas em formato eletrônico na plataforma www.portal.edu.az.

Além disso, aqueles que não obtiveram bons resultados na primeira etapa do ingresso eletrônico do aluno para o ensino profissional podem participar da segunda etapa e escolher uma especialidade. A oportunidade de se candidatar a vagas também está aberta para quem não participou da primeira etapa.

A admissão em instituições de ensino profissional é baseada na pontuação média das notas do candidato nas disciplinas relevantes indicadas no certificado.

Durante o processo de admissão do aluno, cada pessoa tem a oportunidade de escolher no máximo 5 cursos. Os aprovados no concurso devem solicitar o envio de seus documentos à instituição onde foram aceitos na próxima etapa.

Refira-se que a primeira fase de ingresso dos alunos nas instituições de ensino profissional decorreu de 1 a 12 de agosto em 66 instituições de ensino profissional para 23 mil 340 vagas com 127 especialidades. Na primeira fase, foram recebidas 59 mil 993 candidaturas de 22 mil 16 pessoas através da plataforma www.portal.edu.az. Os resultados obtidos mostram que o número de candidatos este ano é 48 por cento superior aos indicadores semelhantes do ano passado. 12 mil 669 candidatos admitidos em estabelecimentos de ensino profissional apresentaram os seus documentos ao estabelecimento de ensino onde foram admitidos.

Notícias